Companhia pede que população da região metropolitana economize água. Índice é o menor dos últimos 84 anos.

A falta de chuvas nos meses de dezembro e janeiro fizeram com que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) emitisse um alerta para falta de água no sistema Cantareira, que abastece a região metropolitana de São Paulo.
O índice de chuva é o menor dos últimos 84 anos, deixando o sistema com apenas 24% da capacidade.

A situação é preocupante porque se trata do terceiro verão consecutivo com volume de chuva abaixo do esperado na região de captação.
É durante o período chuvoso, de outubro a março, que o sistema é abastecido.
Apesar de a empresa não falar em racionamento, essa possibilidade existe, caso não chova o suficiente nos meses de fevereiro e março.
Segundo estimativa da empresa Somar Meteorologia, os dez primeiros dias de fevereiro vão continuar secos em grande parte do Estado.
O Cantareira fornece água potável para 8 milhões de pessoas -42% da região metropolitana. Na capital paulista, apenas a região sul não depende desse sistema.
Neste momento é muito importante a sua colaboração. Economize água.

  • Tome banho rápidos
  • Não lave carros e calçadas com mangueira
    Ensaboe toda a louça antes de enxaguar

Água. Sabendo usar, não vai faltar.

Escrito por Equipe Editorial ESSA

Deixe uma resposta