Depois de longos anos de estudo termina o ensino médio. Mas essa é só uma etapa, você sabe o que irá fazer para ter uma profissão?

No Brasil existem duas formas de conseguir um diploma e ter uma profissão, através de um curso técnico profissionalizante ou fazendo faculdade. Nos dois casos existem prós e contras, e vamos tentar esclarecer essas diferenças para você poder escolher com mais segurança.

Para muitos, cuja a realidade é enfrentar o mercado de trabalho logo após, ou mesmo durante ensino médio, o CUSTO da mensalidade faz bastante diferença. Os cursos técnicos têm mensalidades médias em torno de R$ 260,00 durante o curso (1 a 2 anos de duração), enquanto a média das mensalidades de um curso superior (ao longo de 4 anos) fica em torno de R$ 780,00. Portanto, faça suas contas e veja o que melhor cabe no seu bolso, além de avaliar o tempo que levará para se formar, porque a DURAÇÃO do curso técnico é bem menor.

Outro fator importantíssimo é a EMPREGABILIDADE ou seja, qual será sua real possibilidade de conseguir um emprego na área que vai se formar. Na contramão do que a maioria pensa, as empresas no Brasil valorizam muito os serviços prestados por pessoas que possuem uma formação técnica. O número de vagas no mercado de trabalho para profissionais de nível técnico é no mínimo o dobro das vagas para quem tem nível superior.

Um curso técnico te proporciona a OPORTUNIDADE de perceber com a prática se a profissão que você escolheu é realmente aquilo que você gosta de fazer. Agora imagine você descobrir que não gosta da profissão que escolheu depois de pagar por um curso de 4 anos.

Por outro lado, o que pouca gente sabe é que na maioria das faculdades e universidades, você pode aproveitar o tempo e o aprendizado do curso técnico para o curso superior. Por exemplo, ao fazer um curso Técnico em Radiologia de dezoito meses, com mais um ano e meio de estudo você conclui o curso superior de Tecnólogo em Radiologia.

Dessa forma para o aluno que opta primeiramente pela formação técnica, o ensino superior é encarado como continuidade da escada de formação. Combinando de forma inteligente o ensino técnico com o superior, você aumentará suas chances no mercado de trabalho.

Entre as diversas responsabilidades e decisões que devem ser tomadas com o fim do ensino médio, não existe uma resposta pronta. É importante que você procure um curso ou uma profissão que mais se aproxima de seus gostos pessoais. Nesta época onde um ciclo de vários anos se encerra e tantas mudanças ocorrem na vida, é normal ficar com dúvidas. Mas, com determinação, calma, força de vontade e perseverança os desafios serão vencidos e o sucesso profissional alcançado.

Por Amaury Castro.

Sobre o autor: Amaury de Castro Jr. é Mestre em Física Nuclear pela USP. Autor de vários livros na área de radiologia, tem mais de 20 anos de experiência como Professor de cursos superiores e técnicos, e é um dos fundadores da ESSA Escola Técnica Profissionalizante.

Por mais longa que seja a caminhada, o mais importante é dar o primeiro passo.

Escrito por Equipe Editorial ESSA

1 comentário

  1. ótimo texto! adorei!

    Responder

Deixe uma resposta