A lenta retomada da economia nacional começa a mostrar seus primeiros resultados. Segundo o IBGE, no ano passado, o número de desempregados no Brasil, baixou para 12,2%, cerca de 0,2% a menos do que no trimestre anterior. Apesar de ser devagar, a geração de empregos está recomeçando.

Mas, sabemos que quem está procurando emprego, tem pressa.

A necessidade não espera a retomada econômica, e as contas precisam ser pagas! Pensando nisso, muitas pessoas estão apostando nos cursos técnicos como uma saída para melhorar seu currículo e se reinserir no mercado de trabalho em pouco tempo.

 

As vantagens da qualificação técnica:

O maior benefício de fazer um curso técnico, é que você aprende com ele uma profissão, já que a carga acadêmica dos cursos técnicos são sempre voltadas para o enriquecimento cultural e profissional do estudante.

Com uma formação técnica, o estudante ganha experiência prática, com bases teóricas, tornando-se capaz de desenvolver um lado analítico para a resolução de problemas e, consequentemente, sua contratação no mercado de trabalho torna-se mais fácil.

Esse aumento da demanda por profissionais de nível técnico se dá pela crescente procura das empresas por pessoas qualificadas, capazes de resolver questões de forma objetiva. Diferentemente dos profissionais vindos de cursos de graduação e tecnólogo, que na maioria das vezes, tem um maior potencial teórico e pouco prepara os alunos para resolver os empecilhos do dia-a-dia da profissão.

A duração dos cursos técnicos também é uma vantagem, esta formação tem um tempo médio que varia entre 12 e 26 meses. O que implica numa entrada no mercado de trabalho mais rápida, que leva de seis meses à dois anos.

A média salarial de um profissional com qualificação técnica pode ser até 30% maior do que uma pessoa que tem apenas o nível médio em seu currículo.

Um fato importante que deve ser levado em consideração, quando falamos em ensino técnico profissionalizante, é o seu custo-benefício. Ele oferece o mais rentável entre as opções de refinamento intelectual e profissional oferecidos pelo mercado, com esses cursos o estudante consegue absorver um conhecimento que pode ser facilmente aplicado no mercado e alcança uma colocação mais rápida quando comparamos com alunos de bacharelados.

Outro aspecto interessante, é que enquanto existe uma grande demanda de profissionais com ensino superior no mercado, falta mão-de-obra devidamente qualificada. Essa mão-de-obra faltante, são os alunos justamente oriundos das escolas técnicas, essas pessoas estão aptas para exercer as funções prontamente.

 

Recapitulando, um curso técnico profissionalizante permite ao estudante vivenciar na prática a profissão escolhida, entender como o mercado funciona e refletir se caso ele (a) quiser um bacharelado no futuro. Uma coisa não barra a outra, a experiência vinda da formação técnica pode dar uma nova visão de futuro ao aluno.

 

Cursos técnicos com qualidade reconhecida é na ESSA!

Se após ler a nossa postagem, você se interessou em fazer um curso técnico, você está no lugar certo! A ESSA tem mais de 11 anos no mercado, e oferece 12 cursos técnicos nas áreas da saúde e gestão, 15 cursos de especialização e vários cursos rápidos, de capacitação.
Estamos com matriculas abertas para todos os nossos cursos técnicos, além de nossas formações tradicionais, no segundo semestre de 2018, incluímos nosso quadro educacional o Curso Técnico em Farmácia.
Nossas quatro unidades estão à sua espera, venha estudar conosco!

Conheça nossas unidades: Diadema, Itaquera, Jabaquara e Santo Amaro.

Escrito por Equipe Editorial ESSA

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.