Coaching foi uma das palavras do ano de 2018 nos setores organizacionais das empresas e profissionais liberais. Ele é um método que mescla ciências e artes, que busca melhorar, aperfeiçoar qualidades e características dos seres humanos, atingindo seus propósitos e superando dificuldades. O coaching é um processo em constante crescimento no Brasil, conquistando espaços nas vidas das pessoas que querem atingir seus objetivos, crescer profissionalmente e melhorar a qualidade de vida. É um processo maleável e versátil, que pode ser aplicado em diversas áreas.

A origem do coaching é antiga, em cerca de 1850 esse termo
foi atribuído aos professores universitários, significando “tutor” ou
“treinador”. Este, era responsável por ajudar os alunos nos preparatório para
os exames. Ou seja, o coach – a prática de coaching – já indicava o
profissional que conduz uma pessoa ao lugar desejado.
Décadas depois, em 1950, o termo coach passou a ser utilizado como uma
referência à habilidade de gerenciamento de pessoas. E nisso, surgiram as
primeiras técnicas de desenvolvimento e aperfeiçoamento de pessoas, valorizando
as competências individuais de cada um, buscando a melhoria e evolução.
Nessa mesma década, o termo “coach”, foi adotado por equipes esportivas e
atletas, o “coach”, era o responsável pelo treinamento e otimização das
capacidades individuais.

Atualmente, nos centros corporativos, a técnica de coaching
está sendo difundida, com a intenção de qualificar e desenvolver seus
funcionários, para que eles alcancem resultados satisfatórios.

Coaching é relacionado diretamente ao atingimento de metas e
realizações de objetivos, trabalhando a tomada de decisão. Ele vem ganhando
espaço significativo em todo mundo, se transformou em uma plataforma de ensino,
com programas em escolas e universidades em vários países.

Esse processo inicia com a identificação do estado atual do
cliente, estudando o momento atual de sua vida, os objetivos e os resultados
que ele pretende atingir a partir daquele momento. Após essa fase, metas são
definidas e projetos são iniciados, o que se chama estado desejado.
Partindo disso, o coach ajudará o cliente a perceber os fatores que impedem e
os que podem facilitar na trajetória, traçando ações que o levará do ponto de
partida ao ponto final desejado. Um exemplo: Se o cliente/aluno, apresenta para
o coach um problema conjugal, o trabalho dele será mostrar exercícios e
utilizar as ferramentas necessárias para resolver essa demanda.

O coach é uma das profissões do futuro, o profissional que ajuda outros profissionais! É muito importante buscar ajuda sempre que for necessário, um bom profissional não se constrói sozinho.
Gostou da postagem? Nós, do Ligado na ESSA buscamos sempre trazer as tendências e novidades do ensino técnico e do mercado de trabalho, não deixe de acompanhar!

Escrito por Equipe Editorial ESSA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.