Estamos em uma época muito especial do ano, afinal, durante esta semana celebramos as atividades e profissionais que compõe a Enfermagem, e principalmente levando em conta os eventos recentes da atual pandemia, todos podem notar o quanto essa classe deve ser valorizada e aclamada por todos!

Como era de se esperar, o isolamento social intensificou a necessidade de profissionais aptos e ilustrou perfeitamente o quão necessário é a presença da equipe de enfermagem no meio da saúde. Os enfermos, mais do que nunca, necessitam de cuidados, de atenção e de amor!  

Os esforços realizados por estes queridos profissionais sempre nos orgulham, e por isso adoramos trazer histórias e exemplos daqueles que exercem essa profissão e que já tivemos a honra de passar um pouco do nosso conhecimento. Hoje, trouxemos mais um caso que confirma que toda a nossa história e esforços valeram a pena, estamos cumprindo a missão de formar profissionais de excelência que praticam sua atividade com muita ética, profissionalismo e acima de tudo, muito amor!

Vamos conversar com um de nossos Ex-alunos, Jairo Marcos Melo, ele nos conta um pouco da sua história e sua passagem pela ESSA, e como foi a experiência de ingressar na área em um momento tão delicado como o da Pandemia do COVID-19.

Confira a entrevista:  

ESSA: Oi Jairo! Primeiramente obrigado pela sua entrevista! Estamos felizes pela sua conquista e gostaríamos que nos contasse como tem sido esta experiência de atuar como Técnico em Enfermagem pela primeira vez no Hospital.

Jairo: É tudo muito novo! Eu migrei da área industrial aonde eu atuava como caldeireiro e encanador, para a área da saúde. Migrar de área com mais de 40 anos é se reinventar! Porém, quando a crise de 2015 atingiu em cheio o setor petrolífero, eu sabia que teria que me superar! A motivação de fazer Técnico em Enfermagem veio quando uma pessoa muito querida para mim se tornou paciente autoimune e começou uma saga atrás de tratamento e eu não entendia nada do que os médicos diziam. Eu queria entender para conseguir ajudar essa pessoa.

ESSA: E como foi a decisão pela ESSA?

Jairo: Quando decidi fazer o curso na ESSA, eu estava terminando o ensino Fundamental e Médio ao mesmo tempo que cursava os primeiros módulos na ESSA.

ESSA: E como foi o seu ingresso no mercado de trabalho?

Jairo: Na verdade eu não tinha pretensões profissionais, mas conforme o curso foi avançando acabei me apaixonando.

ESSA: E como foi começar neste momento da Pandemia?

Jairo: Atuar na linha de frente da COVID 19 é um capítulo à parte. Eu recebi e fiz meu COREN em março e já havia rumores da COVID mas ninguém sabia que ia ser assim! Então eu já estava procurando trabalho e quando saiu a vaga para o Instituto Central do HC confesso que deu medo sim. Porém, quando você tem o conhecimento, se você pode estar numa instituição e lutar, você vai, porque você se sente na obrigação de ajudar pela formação que adquiriu. Dinheiro é importante, claro, mas nesse momento a motivação maior é lutar mesmo, ver alguém voltar para casa curado é muito legal! Saber que aquela pessoa teve a sua assistência e melhorou é fantástico. Como também é reconfortante saber que se algum paciente partiu, você deu seu melhor pra ele ter ficado bem.

ESSA: Sim, ajudar é a parte essencial neste momento! E você indicaria a escola ESSA, Jairo?

Jairo: Quando você chega no setor, na primeira experiência, faz diferença ter tido boas aulas, as matérias que você estudou, as dicas dos professores ajudam a ter uma performance melhor. E os professores da ESSA são feras! Indicaria sim! Os professores são maravilhosos!

ESSA: Obrigado! Trabalhamos para sempre melhorar da melhor forma possível ❤️ acho que isso é tudo!! Você pode apenas dar algum conselho a todas as pessoas que andam saindo sem necessidade?

Jairo: O meu direito de ir e vir, termina quando começa o direito de viver do outro. Por respeito à sua família e à família do próximo, só saia de casa em caso de extrema necessidade!

Muito obrigada pelo seu depoimento Jairo. Te desejamos sucesso em sua carreira profissional, muita saúde e temos certeza que você irá salvar muitas vidas durante toda a sua vida. Precisamos de mais humanos assim. Obrigada por ter feito parte da instituição. ❤️

Escrito por Equipe Editorial ESSA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.